Entrevista a João Cajuda

O Tourism Innovation Lab entrevistou João Cajuda, actor e realizador. Falamos sobre as suas mais recentes viagens e experiências à volta do mundo. Conheça algumas curiosidades sobre o actor, bem como algumas das experiências e vivências mais incríveis da sua vida.

Eu deixei de comprar roupa, coisas supérfluas, deixei de sair à noite todos os fins-de-semana e de gastar dinheiro em bebidas… estabeleci prioridades, e de todo que prefiro uma mochila nas costas e uma boa companhia a estar numa discoteca cheia de pessoas “vazia”.

 

De onde vem esta paixão pelas viagens e pelo turismo?

Desde pequeno que fui habituado, devido à profissão do meu pai a mudar de cidade quase todos os anos. Então acho que desenvolvi um espirito “cigano” de andar com a casa às costas… sempre senti uma constante necessidade de conhecer locais novos, novas pessoas, novas comidas. Essa paixão aumentou a partir da altura em que me tornei independente e comecei a viajar para fora de Portugal. 

Em 2013 foi um dos finalistas do concurso mundial de vídeos de viagem Biggest Baddest Bucket List. De que modo este facto o inspirou e motivou a correr o mundo?

Foi uma altura da minha vida em que estava confuso quanto ao que queria fazer no futuro, sempre gostei de representação, mas sentia-me de algum modo insatisfeito com isso. Surgiu a oportunidade do concurso, como tenho por habito filmar sempre as minhas viagens e tinha muito material resolvi concorrer. Nunca esperei chegar a finalista. Foram meses muito intensos, recebia constantemente mensagem de pessoas do outro lado do mundo que tinham visto o vídeo e dar-me os parabéns. Isso de certa forma entusiasmou-me e deu-me animo para continuar a fazer o que gosto.

Qual a viagem que mais o marcou? Porquê?

Todas marcam de certa forma, sendo que a Índia talvez seja a que mais me marcou. A Índia é uma viagem para dentro, é toda uma realidade que não estamos habituados e que nos marca, seja pela pobreza, seja na espiritualidade do país. Não acredito que ninguém vá à Índia e não venha uma pessoa um pouco diferente, mais tolerante, mais humilde… pelo menos foi o que eu senti. Acho que nós no mundo Ocidental somos muito mal agradecidos por tudo o que temos, damos demasiado importância a coisas que não tem importância, vivemos a uma velocidade, numa sociedade que nos faz esquecer o essencial. Obviamente que isto é uma luta diária e constante, ninguém vai à Índia e vem uma pessoa maravilhosa, mas talvez venha mais humana.

Dos 22 países nos quais já esteve, qual o que mais o surpreendeu pela positiva e negativa?

Isto é uma pergunta complicada, porque todos tem os seus aspectos negativos e positivos. Marrocos pela positiva, antes de conhecer o país nunca me passou pela cabeça que se ia tornar tão especial para mim. Pela negativa, não tenho nenhum que que possa eleger.

A sua maneira de pensar e ver o mundo mudou depois de conhecer tantas culturas e pessoas?

Obviamente que quanto mais viajamos, quantas mais culturas conhecemos, mais a nossa forma de olhar e encarar o mundo muda. É engraçado ver como no outro lado do planeta existe uma pessoa que faz de maneira diferente, aquilo que tu julgavas só haver uma forma de fazer. Para além disso acho que me tornei muito mais tolerante, menos crítico, de facto cada humano tem as suas ideologias, conceitos diferentes… Temos essencialmente de saber respeitar o próximo da mesma forma que gostávamos que nos respeitassem a nós.

 

É engraçado ver como no outro lado do planeta existe uma pessoa que faz de maneira diferente, aquilo que tu julgavas só haver uma forma de fazer.

Este slideshow necessita de JavaScript.

(Imagens da autoria do João Cajuda durante as suas viagens)

 

De que forma todas estas viagens o inspiram enquanto actor e realizador? 

Tento sempre captar os momentos que vivo em viagem para mais tarde recordar, porque a vida é isso, recordações, memórias. Talvez as pessoas que conheci ou experiências que vivi me tenham de alguma forma inspirado enquanto actor, mas sinceramente agora não consigo dizer onde, quando ou como.

O turismo e a interpretação complementam-se?

Não, são áreas completamente diferentes e que em nada se cruzam.  

O João viaja em grupo com pessoas que se candidatam para viajar consigo. Quais são os requisitos para entrar neste grupo?

Sim organizo tours de grupo para Marrocos. As pessoas não se candidatam, basta visitarem o meu site www.joaocajuda.com/viajacomigo e reservarem o seu lugar. Os requisitos são: ter mais de 18 anos, muita alegria e espirito de aventura! 

Que tipo de colaboração teve com os hotéis com os quais trabalhou? (Mandarin Oriental, Kempinski, Hilton, Small Luxury Hotels)

Trabalho com hotéis enquanto Travel Blogger, escrevendo artigos para hotéis e produzo conteúdo multimédia para os mesmos.

O Turismo e viajar nem sempre é fácil, quer a nível monetário quer por outros obstáculos que se vão criando. Conseguiu sempre dar a volta a estes obstáculos? Se sim, como?

A maioria das pessoas acham que não trabalho, que passo a vida a viajar… Bom a verdade é que trabalho, bastante, mais do que aquilo que queria eheh. Obviamente que também eu tenho obstáculos sejam monetários sejam pessoais, mas essa ideia de que viajar é coisa para ricos é um mito mais que ultrapassado. Hoje em dia há voos tão baratos, há couchsurfing, há hostels baratos e bons, há parques de campismo e há milhares de sites com informação que quase que só não viaja porque não quer. Eu deixei de comprar roupa, coisas supérfluas, deixei de sair à noite todos os fins-de-semana e de gastar dinheiro em bebidas… estabeleci prioridades, e de todo que prefiro uma mochila nas costas e uma boa companhia a estar numa discoteca cheia de pessoas “vazia”.

 

Para seguir de perto todas as viagens do João Cajuda, acesse o Website ou Facebook.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s