Tendências de consumo que virão a marcar o mercado em 2014

As empresas Euromonitor, IPK TrandWatching lançaram, recentemente, relatórios sobre previsões e tendências que poderão vir a ter grande incidência na indústria turística.

De acordo com o World Travel Trends Report 2013/2014 elaborado pela consultora IPK, o turismo urbano tem vindo a conquistar terreno no que diz respeito ao segmento correspondente às férias. Inclusive, tem vindo a ultrapassar o volume de consumo do tradicional produto turístico denominado coloquialmente por, sol e praia. Durante o período de 2009-2013, as viagens internacionais realizadas às grandes cidades, das quais também constam viagens de negócios, cresceram cerca de 47%. É importante salientar que desses 47%, 27% foram viagens realizadas por turistas provenientes de mercados emergentes.

  • Sol e praia

O segmento sol e praia continua a representar um dos segmentos maioritários nas viagens internacionais, aumentando cerca de 12%. Contudo, esta evolução tem sido bastante modesta para o volume de consumo que estávamos familiarizados e sustenido principalmente, por turistas do este da Europa. Por outro lado,  o turismo rural têm vindo a apresentar  um declínio de 10% durante dito período.

Nos últimos 5 anos, o gasto das viagens ao estrangeiro realizadas como férias aumentou um 25% a escala mundial, enquanto que o gasto em viagens de negócios aumentou 16%.

  • PANK (ProfessionalAunt, No Kids)

Tratam-se de mulheres trabalhadoras, sem filhos mas com sobrinhos ou afilhados, que têm vindo a representar o novo desejo da indústria turística. Nos Estados Unidos por exemplo, calcula-se que este grupo de mulheres gasta anualmente 9.000 milhões de dólares em viagens e que tais viagens enriquecem as suas relações. Por outro lado, na Europa aproximadamente 20% das mulheres em idade fértil não são mães, das quais entre 2% e 3% não o são por infertilidade. Este facto, só demonstra que esta tendência sociodemográfica virá a aumentar e como tal, tem que ter a nossa atenção.

  • Mulheres que viajam sozinhas

Existem duas principais razões pelas quais as mulheres viajam sozinhas, ou por trabalho ou por ócio. Em ambos os casos procuram encontrar uma seguridade física, psicológica, um conforto, uma interacção social, uma boa oportunidade de compra e o factor surpresa. Gostam de viver novas experiências e de descobrir novos lugares.No caso de se tratar de uma viagem de negócios, sentem-se mais desprendidas das preocupações do dia-a-dia e muito mais dedicadas ao seu bem estar, o que por sua vez, faz com que se gostarem da experiência prolonguem a sua viagem ou que posteriormente voltem ao destino.

  • Novas tendências
  1. “Guilt-free status”: trata-se da consciência que os consumidores ganhas sobre o efeito que produz o consumo de determinado produto ou serviço. Assim sendo, trata-se da inovação de produtos/serviços que garantam a sustentabilidade do nosso planeta e da nossa sociedade.
  2. “Crowd shaped”: Espera-se que já a partir de este ano, haja mais gente a proporcionar os seus dados, os seus perfiles e as suas preferências. O que permitirá, definir/redefinir conceitos de produtos e de serviços mais competentes e de maior êxito.
  3. Marcas  “no data”: São marcas que alcançam o sucesso, sem recorrer a uma base numerosa de recompilações de dados pessoais e que se orgulham de o fazer e de ser diferentes.
  4. Uso de Smartphones e da internet
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s